Skip to content

Pro favor actualize o seu "Flash Player"
Entrada
Seja bem vindo/a
Quarta, 15 Novembro 2017 13:30

A Contacto estreia no próximo dia 25 de Novembro pelas 21H45 no seu Auditório "A Salvação de Lutero" de Teresa Leite com encenação de Manuel Ramos Costa.

Este drama biográfico fala-nos de Martinho Lutero um dos expoentes máximos do Movimento da Reforma Protestante: Lutero ordenado pela ordem de Santo Agostinho cumprindo a promessa feita em aflição num dia de trovoada, encontra na igreja um poder excessivo, contraditório com as escrituras, o que o leva a defender reformas profundas. A Igreja de Roma precisava de dinheiro para a construção da Basílica de S. Pedro e implementou um plano de angariação de fundos que passava pelos mercados de indulgências. Os cristãos pagavam para salvar a alma sua e dos seus falecidos e assim abreviar a subida aos céus.

Afixou as teses que denunciavam os abusos e contribuiriam para que se retomasse um rumo coerente das práticas e doutrina da igreja, em alemão e não em latim, como era uso e obrigação.

É perseguido e excomungado, logo protegido por alguns príncipes que assim o ajudaram a continuar os seus escritos e pregações. Grande parte deles converteu-se às reformas de Lutero e rompe com a igreja de Roma. Os súbditos desses príncipes automaticamente se tornavam convertidos.

Continuou a sua vida de pregador, casou, teve filhos, nunca tendo alcançado a serenidade e vivendo sempre em dúvida sobre a sua obediência a Deus e a salvação da sua alma. 

Uma noite teve uma visão. Thomas Münzer aparece-lhe com as vestes de condenado, ferido de morte, acusando-o de traição ao seu povo e desobediência à causa de Deus. Lutero defende-se, invoca a sua alma de cristão e amante da paz, da recusa da violência, como sinais de coerência e respeito pela fé. Münzer insiste, Lutero entra em desespero, a dúvida volta a toldar a sua consciência, agita-se, adoece subitamente e morre de ataque cardíaco.

Esta produção encerra a 24ª edição do Festovar e será seguida de reposições a 2 e 9 de Dezembro no mesmo horário.

Reservas através de  Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar  ou do 917 458 619

Terça, 26 Setembro 2017 00:16
De 13 de Outubro a 25 de Novembro está aí vigésima quarta edição do Festovar – Festival de Teatro de Ovar.
Contando com o apoio do Município de Ovar e também do Instituto Português do Desporto e Juventude, bem como da União de Freguesias de Ovar, S. João, Arada e S. Vicente de Pereira, o Festovar será inaugurado na sexta-feira dia 13 de Outubro, pelas 21H30, numa sessão de abertura levada a cabo na Auditório da Casa da Contacto, e que contará com a presença de Jorge Queirós (Especialista em marketing e comunicação com afinidade com o Teatro), do Presidente da Câmara Municipal de Ovar e também do Presidente da União de Freguesias de Ovar, S. João, Arada e S. Vicente de Pereira. 
Francisco Rafael e Maria Santos Pinto, dois jovens músicos eruditos dão corpo à componente artística do evento. 
 “Teatro na Era Digital” é o tema da edição deste ano visando uma reflexão sobre a forma como o digital está a alterar as linguagens desta expressão artística e quais os caminhos que se podem perspetivar para o futuro.
Para além do grupo anfitrião que irá apresentar três produções, incluindo uma estreia absoluta, a edição deste ano conta com a participação de grupos de teatro provenientes dos concelhos de Vila Nova de Gaia, Valongo, Braga, Pombal, Ovar e Ourém, integrando um total de dez espetáculos dos quais três são para a infância e juventude. 
Vão ser sete semanas de teatro que irão animar as noites de Sábado e as tardes de Domingo, na Casa da Contacto.
Veja o programa aqui
Venha ao Teatro, o Festovar espera por si… 
Terça, 05 Setembro 2017 21:12

No âmbito da comemoração do seu trigésimo quarto aniversário a Contacto apresenta no próximo dia 22 de Setembro, Sexta-Feira, pelas 21H45 a peça "Medeia" de Mário Cláudio, no seu Auditório.Esta Medeia atual é uma atriz consagrada. Representa tão bem o papel da Medeia clássica, que acaba por incorporá-la na própria personalidade.

A personagem de Eurípedes parece mesmo ter sido talhada à medida da sua pessoa, de tal forma se identifica e projeta na personagem do dramaturgo clássico. A mulher que protagoniza ambas as versões da história é vítima de uma paixão fulminante, que a deixa cega de ciúme, ao ver-se trocada por uma jovem, após dez anos de casamento e dois filhos.

Não perca a oportunidade de assistir a este clássico da dramaturgia mundial recriado por Mário Cláudio e interpretado pela atriz Aurora Gaia.Reservas e informações através do 917458619 ou de Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

Calendário Actividades

<< Novembro 2017 >> 
 Se  Te  Qu  Qu  Se  Sá  Do 
    1  2  3
  6  7  8  91012
1314151617
202122232426
27282930   

Topo
Please update your Flash Player to view content.