Skip to content

Entrada / Produções / André Scala

André Scala

Sábado, 07 Dezembro 2013 17:34

Gato por Lebre

Ficha artística e técnica

Encenação, Manuel Ramos Costa
Tradução e adaptação, Teresa Leite
Direção de cena, Artur Leite
Desenho de luz, André Scala
Desenho de som, Fernando Rodrigues
Cenografia, João Santos
Execução de cenários, José Correia
Figurinos, Maria José
Operador de luz, Fábio Aguiar
Operador de som, David Aguiar
Caracterização, Isilda Margarida e Alice Grade
Design gráfico, Carla Ferreira
Montagem, Equipa Contacto
Produção, 53ª produção, Novembro 2013

Elenco

Pacarel, Manuel Costa
Marthe, Laura Poças
Landernau, Carlos Granja
Amandine, Palmira Rodrigues
Julie, Sara Vaz
Dufausset, Diogo Azevedo
Lanoix, João Freitas
Tiburce, José Ferreira
Criada, Conceição Queirós

Sinopse

"Gato por Lebre" é uma comédia pejada de trocadilhos, monólogos e diálogos cheios de mal entendidos envolvendo um conjunto de personagens que habita numa sumptuosa casa no centro da cidade de Paris, nos inícios do século XX. Pacarel, o chefe de família, é um empresário que enriqueceu no fabrico e comércio do açucar e que tem o sonho de ver uma versão de "Faust" de Gounod, dirigida pela sua filha, Julie, ser apresentada na Ópera de Paris . Conta para isso com a ajuda de um amigo seu de Bordéus, Dufausset, para lhe enviar um famoso tenor chamado Dujeton. Pacarel está disposto a oferecer a este um contrato muito atraente e a retirar mais-valias junto dos responsáveis da Ópera de Paris. Entretanto, aparece-lhe em casa um jovem vindo da parte de Dufausset, filho deste, mas que Pacarel julga tratar-se do reputado tenor... E assim se iniciam as confusões e peripécias desta hilariante comédia.

Comédia com a duração de 120 minutos com intervalo

Segunda, 18 Novembro 2013 13:17

Contacto estreia “Gato por Lebre”

No âmbito do encerramento da XX edição do Festovar – Festival de Teatro de Ovar, a Contacto estreia no próximo dia 23 de Novembro, pelas 21H45, na sua sede, a comédia "Gato por Lebre" de Georges Feydeau, com encenação de Manuel Ramos Costa.

"Gato por Lebre" é uma comédia pejada de trocadilhos, monólogos e diálogos cheios de mal entendidos envolvendo um conjunto de personagens que habita numa sumptuosa casa no centro da cidade de Paris, nos inícios do século XX. Pacarel, o chefe de família, é um empresário que enriqueceu no fabrico e comércio do açucar e que tem o sonho de ver uma versão de "Faust" de Gounod, dirigida pela sua filha, Julie, ser apresentada na Ópera de Paris . Conta para isso com a ajuda de um amigo seu de Bordéus, Dufausset, para lhe enviar um famoso tenor chamado Dujeton. Pacarel está disposto a oferecer a este um contrato muito atraente e a retirar mais-valias junto dos responsáveis da Ópera de Paris. Entretanto, aparece-lhe em casa um jovem vindo da parte de Dufausset, filho deste, mas que Pacarel julga tratar-se do reputado tenor... E assim se iniciam as confusões e peripécias desta hilariante comédia.

O Festovar encerra, assim, com a 53ª produção da Contacto, sete semanas de teatro marcadas por lotações esgotadas as quais comprovam, de forma inequívoca, o sucesso deste certame junto do público e marcam também de forma inesquecível os 30 anos da Companhia.

Sábado, 20 Julho 2013 00:00

Prometo Não Volta Acontecer

Companhia Contacto, Ovar
Género 
Drama
Autor
Jorge Geraldo
Conceção, Direção e Espaço Cénico
Fraga
Local Casa da Contacto

Sinopse Ouve-se ao fundo, muito ao longe, Shostakovich, a 5ª Sinfonia. No palco, penumbras que deixam ver um velho gira discos, gaiolas vazias, ratoeiras, sofá, móveis? uma sala? A casinha das Bonecas desfeita, gasta, usada, maltratada. Ruínas interiores a murmurarem denúncias de memórias de assombro e maldição. Pó, Vultos, Sombras inscritas nas marcas deixadas no corpo, no ar que deixa passar o rasgo da luz que teima em apagar-se em si mesma. Vozes densas, doridas e exaltadas pelo Horror, Amor, Medo, Vingança. Justiça, Expiação, Redenção. Quebrar os laços. o fio umbilical . Julgamento? Quanto custa uma vida? Quanto vale uma vida? Na etiqueta da faca 7,77 €


FICHA TÉCNICA
Conceção, Direção e Espaço Cénico: Fraga
Assistente de Encenação:
André Scala
Direção de Cena:
Fernando Rodrigues
Figurinos:
Sara Vaz
Execução de Cenários:
José Correia e Artur Leite
Desenho de Luz e de Som:
André Scala
Design:
André Scala
Programa:
Fernando Rodrigues
Produção
 Contacto 2013 (52ª)
Estreia 20 de Julho 2013

De 11 de Outubro a 23 de Novembro está aí 20ª edição do Festovar – Festival de Teatro de Ovar. 20 edições em 30 anos de Contacto.

Realizado em parceria com o Município de Ovar e contando com o apoio do Instituto Português da Juventude e do Desporto e também da Junta de Freguesia de Ovar, o Festovar será inaugurado na sexta feira dia 11 de Outubro, pelas 21H30, numa sessão de abertura levada a cabo na Casa da Contacto (Auditório Manuel Ramos Costa) , e que contará com a presença do Dr. Manuel Alves de Oliveira, do Prof. Joaquim Barbosa e do Dr. Manuel Malícia (Professor e ex-autarca).

Manuel Tavares, músico e compositor e o Núcleo Juvenil da Contacto vão oferecer aos espectadores, respectivamente, o talento e virtuosismo da sua prestação musical e dos seus dotes artísticos,

O mote escolhido foi "Festovar 20 / Contacto 30" relevando as 20 edições do mais importante certame teatral da cidade e da região e os 30 anos da Contacto celebrados em Setembro.

Para além do grupo anfitrião que irá apresentar, entre outras, a produção estreada em Julho passado no Teatro da Trindade (estreia em Ovar) – «Prometo, não volta a acontecer!», a edição deste ano conta com a participação de grupos de teatro provenientes de Aveiro, Vila Nova de Gaia, Vila Franca de Xira, Valongo, Fafe e de S. Paulo (Brasil) que apresentará a produção vencedora da edição 2012 do Festival Internacional de Teatro – Cale-se 6, integrando um total de dez espectáculos dos quais três são para a infância e juventude. Veja o programa aqui e o cartaz aqui ; Reservas e informações através do 917 458 619 e/ou de Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar ;

Vão ser sete semanas de teatro que irão animar as noites de Sábado e as tardes de Domingo, na Casa da Contacto.

Venha ao Teatro, o Festovar espera por si...

Sábado, 07 Setembro 2013 17:42

Oficina de Teatro 2013 – 2014

Em Outubro a Contacto vai iniciar a sua sexta temporada de formação regular que vai decorrer até Junho de 2014. Dando continuidade a um projecto nascido em 1998 (de forma não regular) e que assumiu em 2008 um caracter regular com base num plano formativo cujo principal objectivo passa por formar jovens e adultos na área do teatro, dotando-os de competências a nível interpretativo e de expressão corporal e oral bem como ampliando algumas das suas capacidades intrínsecas. Esta actividade insere-se na estratégia de divulgação e aprendizagem das artes teatrais em interacção e complementaridade com o ambiente associativo proporcionando mais e melhor cidadania aos formandos, tornando-os elementos participativos e interventivos na comunidade por força das aprendizagens obtidas.

As inscrições estão abertas até ao próximo dia 20 de Setembro, havendo a possibilidade de várias modalidades de desconto.

Mais informações e Ficha de Inscrição podem ser obtidas através do e-mail Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar , pelo 917458619 ou presencialmente na sede da Contacto, às terças feiras a partir das 21H30 e até às 23H00.

A Contacto vai estrear no próximo dia 20 de Julho, Sábado, pelas 21H30, a sua 52ª produção teatral: "Prometo, não volta a acontecer!" o texto vencedor do Prémio Novos Textos de Teatro 2012 da Fundação Inatel.

Fruto de ter conquistado o prémio Ruy de Carvalho 2012 para Melhor Produção do Concurso Nacional de Teatro, a Contacto leva a cena, em estreia absoluta, o texto premiado pela Fundação Inatel da autoria de Jorge Geraldo.

Esta produção será apresentada no Teatro da Trindade (sala principal) em Lisboa integrada na iniciativa "Dias de Cultura".

Ouve-se ao fundo, muito ao longe, Shostakovich, a 5ª Sinfonia.
No palco, penumbras que deixam ver um velho gira discos, gaiolas vazias, ratoeiras, sofá, móveis? uma sala? A casinha das Bonecas desfeita, gasta, usada, maltratada.
Pó, Vultos, Sombras inscritas nas marcas deixadas no corpo, no ar que deixa passar o rasgo da luz que teima em apagar-se em si mesma.
Vozes densas, doridas e exaltadas pelo Horror, Amor, Medo, Vingança. Justiça, Expiação, Redenção. Quebrar os laços. o fio umbilical. Julgamento?
Quanto custa uma vida? Quanto vale uma vida? Na etiqueta da faca 7,77 €

Esta produção marca também a estreia de um novo encenador na Contacto: Fraga, responsável pela conceção, direção e espaço cénico que vem enriquecer o nosso historial de produções com a sua visão pessoal deste drama pungente.

Mais informações em http://www.inatel.pt/content.aspx?menuid=1001 ou através do 917 458 619

Terça, 18 Junho 2013 15:44

Doçuras e Travessuras

Esta história decorre em meia dúzia de cenas, entre duas fadas: A Maléfica e a Madrinha. Estas fadas viviam, como todos sabem, perto uma da outra – a Maléfica numa casinha de madeira e a Madrinha numa torre de cristal. A Maléfica, como o próprio nome indica, fazia travessuras e feitiços assustadores e a Madrinha, a boazinha, tinha que desfazer os encantamentos dela, que eram muitos, e por isso se lamentava de tanto trabalho. Além disso queixava-se da Maléfica fazer magias más aos seus amiguinhos e afilhados inocentes em vez de castigar os malcomportados. Mas certo dia descobriu que algumas travessuras da Maléfica eram afinal necessárias para tudo acabar em bem. A Maléfica resolve abrir um restaurante e mudar de profissão. Será uma cozinheira de comidas especiais, só para fadas, fadinhas, bruxas e bruxinhas. Trata-se de uma história original, muito simples e não menos encantadora, na qual as crianças irão poder participar, interagindo com ambas as fadas à medida que a ação se vai desenvolvendo.

Elenco

FADA MALÉFICA: Teresa Leite
FADA MADRINHA: Laura Poças
REI DAS FADAS (voz): Manuel Costa
CINDERELA (voz): Sara Vaz

Ficha Técnica

Encenação, Dramaturgia e Desenho de Som: Manuel Ramos Costa
Desenho de Luz: André Scala
Figurinos: Maria José Valente
Operação de Luz e de Som: António Alberto
Execução de Cenários: José Correia e Artur Leite
Produção: Contacto, 2013 (51ª)
Estreia: 27 Maio, 2013

A Contacto vai apresentar no próximo dia 23 de Junho (Domingo) pelas 16H00 a sua produção "Play outra vez" no Centro de Arte de Ovar, um texto original escrito e encenado por Manuel Ramos Costa. Trata-se de uma produção para toda a família onde o teatro é visto em toda a sua dimensão: a peça não é mais do que um ensaio geral de uma história que se pretende de cariz pedagógico em que cada uma das personagens dessa mesma trama se desdobra entre si própria e a personagem que interpreta nessa mesma história. O espectador vê-se confrontado com uma série de situações divertidas e ao mesmo tempo sérias onde vai "descobrindo" a verdadeira face do actor e da própria pessoa que o interpreta. Um verdadeiro desafio para o elenco jovem da Companhia que se põe à prova nesta comédia realista para toda a família.

Não perca esta oportunidade de ver esta espectáculo verdadeiramente memorável. Reservas em http://caovar.bilheteiraonline.pt, ou através do 256 509 160

Venha ao teatro e traga o(s) seu(s) filho(s)!

A Contacto estreou a 27 de Maio a sua 51ª produção teatral: Doçuras e Travessuras de Teresa Leite, com encenação de Manuel Ramos Costa: Esta história original fala-nos de duas fadas, a Maléfica e a Madrinha. A Maléfica, como o próprio nome indica, fazia travessuras e feitiços assustadores e a Madrinha, a boazinha, tinha que desfazer os encantamentos dela, que eram muitos, e por isso se lamentava de tanto trabalho. Além disso queixava-se da Maléfica fazer magias más aos seus amiguinhos e afilhados inocentes em vez de castigar os malcomportados. Mas certo dia descobriu que algumas travessuras da Maléfica eram afinal necessárias para tudo acabar em bem. A Maléfica resolve abrir um restaurante e mudar de profissão. Será uma cozinheira de comidas especiais, só para fadas, fadinhas, bruxas e bruxinhas. Esta peça foi produzida no âmbito da quinta edição da Festinfância – Festa do Teatro para a Infância, para ser representada para as escolas básicas do Concelho de Ovar, sendo posteriormente apresentada a todo o público.

Segunda, 13 Maio 2013 22:25

Festinfância 2013

De 25 de Maio a 9 de Junho está aí 5ª edição da Festinfância – Festa do Teatro para a Infância. Vão ser 20 as representações agendadas para as crianças das escolas básicas do concelho de Ovar e para o público mais jovem, num total de 4 novas propostas teatrais apresentadas no Auditório da Casa da Contacto: "A Floresta Cinzenta", "A Dança da Chuva", "Entre o Sonho e a Realidade" e "Doçuras e travessuras".

Esta 5ª edição da Festinfância só é possível graças à parceria estabelecida com a Junta de Freguesia de Ovar e ao apoio do Agrupamento de Escolas Ovar, sem esquecer o contributo do Município de Ovar e do Instituto Português da Juventude e do Desporto.

A Contacto volta a marcar a agenda das propostas culturais para a infância e juventude e continua a levar o teatro às crianças das escolas e infantários de Ovar, nesta grande festa do teatro para os mais pequenos.

Os espectáculos realizados nos dias úteis serão destinados exclusivamente aos alunos das escolas básicas e infantários de Ovar e os espectáculos realizados aos fins-de-semana são abertos ao público em geral, mediante reserva de lugar.

A Contacto vai também certificar 34 novos formandos (dos 7 aos 14 anos de idade) no âmbito da edição 2012 / 2013 da Oficina de Teatro Contacto que irão apresentar as produções resultantes dos sete meses de formação que tiveram.

Venha à Festinfância e traga os seus filhos ao Teatro! Veja o programa aqui

<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 Seguinte > Final >>
Pág. 2 de 5

Calendário Actividades

<< Setembro 2019 >> 
 Se  Te  Qu  Qu  Se  Sá  Do 
        1
  2  3  4  5  6  7  8
  9101112131415
16171819202122
23242526272829
30      

Topo
Please update your Flash Player to view content.